Seguidores

.

.

Pesquisa personalizada
Calendário Feminista

24 de fevereiro – Dia da conquista do voto feminino no Brasil
8 de março – Dia Internacional da Mulher
30 de abril – Dia Nacional da Mulher
28 de maio – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Morte Materna
25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha
29 de agosto – Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil
23 de setembro – Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
28 de setembro – Dia pela Descriminalização do aborto na América e Caribe
10 de outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher
25 de outubro – Dia Internacional contra a Exploração da Mulher
25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher
6 de dezembro – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Profª Marie Helene Bourcier visita universidade baianas



Professora da Universidade de Lille II, Marie-Hélène Bourcier realiza uma série de atividades na Bahia, como parte de sua temporada de palestras no Brasil. Entre a programação no estado, a professora participará de debates com grupos de estudos de gênero no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.

Bourcier destaca-se pelo ativismo lésbico e é uma das principais teóricas queer da França. É citada em numerosas publicações de livros e artigos sobre cultura, teoria queer e subculturas sexuais, feminismos e os pós-feminismos, minorias e políticas de identidade na França e no exterior.

Além de atividades na Universidade Federal do Recôncavo, Bourcier é convidada de outras quatro instituições: Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), Universidade Federal da Bahia (UFBA), Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e Universidade Estadual de Maringá (UEM). A visita tem o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

17/07
16h - Encontro com grupo de estudo
(Coord.: Profª Simone Brandão)

18/07
09 - Encontro com grupo de estudo
(Coord.: Profª Angela Figueiredo)

14h - Ateliê Drag King

Programação Julho das Pretas de Serrinha 2014 - BA


 15/07/014- Vigília feminista com o tema Re-Construindo a Identidade das Mulheres Negras no Território do Sisal no bairro Princesa do Agreste as 18 horas
16/07/014- Vigília feminista com o tema: Re-Construindo a Identidade das Mulheres Negras no Território do Sisal no bairro dos 13 as 18 horas
17/07/014- Bate –Papo com as mulheres negras assistidas do CRAM-DANDARA às 09 horas
18/07/014-Vigília feminista vigília feminista com o tema: Re-Construindo a Identidade das Mulheres Negras no Território do Sisal no bairro na rua do fogo na rodagem as 18 horas
18/07014-Bate-Papo com as mulheres negras na comunidade de Cural de Fora no município de Água Fria as 14:30
18/07/014- De 18 a 20 Semana Interterritorial de Extermínio da Juventude Negra
19/017/014-Exposição das mulheres negras com o tema: Re-Construindo a Identidade das Mulheres Negras no Território do Sisal na praça Luiz Nogueira das 09 as 17
20/07/014- Domingo
21/07/014- Rede de atenção a mulher com o tema: Re-Construindo a Identidade das Mulheres Negras no Território do Sisal na comunidade de alto de fora as 15 horas
22/07/014- A vida das Mulheres Negras Lésbicas no bairro de Novo Horizonte
23/07/014- Roda de conversa com o tema: As mulheres quilombolas e suas especificidade na comunidade de Matinha as 15 horas

terça-feira, 15 de julho de 2014

Mostra de Arte e Cultura de Mulheres Negras - BA

Nos dias 24 e 25 de julho a capital baiana será palco da Mostra de Arte e Cultura de Mulheres Negras. A mostra acontecerá no Forte da Capoeira (Santo Antônio) e reunirá 500 mulheres negras de 12 territórios da Bahia.

O evento faz parte da programação do Julho das Pretas 2014, uma ação conjunta realizada pelo Odara – Instituto da Mulher Negra e Rede de Mulheres Negras da Bahia com o intuito de visibilizar as atividades realizadas no estado da Bahia em homenagem ao 25 de julho: Dia da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha e a partir desse ano, também é o Dia de Teresa de Benguela, referendando a memória das mulheres negras que lutaram pela liberdade de seu povo.

A Mostra será dividida em três momentos: a feira de artesanato e cultura; o show em homenagem a luta das mulheres negras na Bahia e do lançamento da Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e Pelo Bem Viver, que acontecerá Brasília, em 2015.

Para participar do evento como expositora basta entrar em contato com o Odara (71. 3013.7674).

CLIQUE AQUI e faça sua inscrição
Confira programação:


Pesquisa personalizada