Seguidores

.

.

Pesquisa personalizada
Calendário Feminista

24 de fevereiro – Dia da conquista do voto feminino no Brasil
8 de março – Dia Internacional da Mulher
30 de abril – Dia Nacional da Mulher
28 de maio – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Morte Materna
25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha
29 de agosto – Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil
23 de setembro – Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
28 de setembro – Dia pela Descriminalização do aborto na América e Caribe
10 de outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher
25 de outubro – Dia Internacional contra a Exploração da Mulher
25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher
6 de dezembro – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Aberta seleção de 15 mulheres jovens para programa de fortalecimento de lideranças e treinamento em gênero

Mulheres entre 18 e 29 anos, com experiência comprovada em liderança comunitária ou ativismo pelos direitos das mulheres, podem se candidatar até 16 de fevereiro


Estão abertas as inscrições para o “Jovens Mulheres Líderes: Programa de fortalecimento em questões de Gênero e Juventude”, da ONU Mullheres em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a Secretaria Nacional da Juventude, a Secretaria-Geral da Presidência da República e o Governo Federal.

O projeto busca promover o desenvolvimento das capacidades das mulheres jovens no Brasil, facilitando assim que sejam sujeitos no exercício dos seus direitos.

O objetivo é selecionar 15 jovens mulheres com alguma experiência em liderança comunitária ou ativismo pelos direitos das mulheres para participar de um programa de fortalecimento de lideranças e treinamento em questões de gênero, com foco na formação política, por meio de intercâmbios com líderes estabelecidas no legislativo, executivo, judiciário e sociedade civil.

Através dessa experiência busca-se promover maior relação entre as perspectivas de gênero e juventude no âmbito da efetivação dos direitos das mulheres.

Entre os critérios de seleção estão:

  • ter entre 18 a 29 anos; 

  • possuir alguma experiência comprovada em atividades de liderança comunitária ou ativismo pelos direitos das mulheres 

  • e conhecimentos de Office e uso de internet. 

O prazo para recebimento de candidaturas vai até o dia 16 de fevereiro de 2014.

Mais informações sobre os Termos de Referência, clique aqui.
-A ONU encoraja a candidatura de jovens afrodescendentes, indígenas, quilombolas, LBTTI, de todas as regiões brasileiras. 

-A diversidade racial, étnica, regional ou experiência será um critério de seleção, com o objetivo de compor um grupo o mais representativo possível dos diversos sectores. 


Fonte: site do PNUD Brasil

domingo, 26 de janeiro de 2014

IHAC/UFBA promove debate sobre assassinatos de homossexuais e travestis - BA


sábado, 25 de janeiro de 2014

Produções da Ufba têm a “mulher negra” como tema

O Grupo Gestor do Repositório Institucional da Universidade Federal da Bahia (RI/UFBA) divulgou no dia 30 de julho um alerta rotineiro indicando pesquisas da universidade. Nesta edição, o tema mulher negra foi um dos destaques.
 
Confira o texto de divulgação:
A trajetória da mulher negra, enquanto sujeito histórico e político, é de muita luta. Principalmente quando se refere à mulher negra, vitimada pela opressão de gênero e de etnia. Estudos apontam que, no Brasil, as mulheres negras estão nas colocações menos prestigiadas e sofrendo diversos tipos de violência. No dia 25 de julho, foi instituído, pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana. A data representa um marco da luta e resistência, além de oferecer oportunidade para proposições de ações e discussões a fim de enfrentar os preconceitos gerados pelo racismo e sexismo. No RI/UFBA você encontra diversos trabalhos acadêmicos sobre este tema, entre os quais:
 
 
 
 
 
 

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

4º Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo - SC

Instituto de Estudos de Gênero (IEG-UFSC)
4º Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo
Data: 17 a 21 de março de 2014
Local: Auditório do CFH/UFSC – Campus Trindade – Florianópolis


Orientações Gerais

O 4º Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo acontecerá entre os dias 17 a 21 de março de 2014 no Auditório do Centro de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).


Promovido pelo Instituto de Estudos de Gênero (IEG/CFH), o curso conta com o apoio da Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (SPM).

O curso será ministrado por docentes e pesquisadores/as da UFSC, da UDESC e da UNIPLAC, e será aberto a estudantes, pesquisadoras/es, educadoras/es, gestoras/es públicas/os, e ativistas que atuam no campo dos estudos feministas e de gênero.


O curso, oferecido de forma concentrada em uma semana, objetiva:

a) promover a formação e a atuação no campo dos estudos feministas e de gênero;
b) fazer conhecer as principais questões em debate atualmente neste campo;
c) articular e estimular a criação de Núcleos de Estudos de Gênero nas diversas instituições envolvidas;
d) permitir maior integração entre pesquisadores/as dos diferentes núcleos de pesquisa da UFSC, UDESC e outras instituições de Santa
Catarina em vista da articulação de redes de pesquisa e ativismo.

e) estimular a presença de pesquisadoras/es de outros lugares do Brasil em atividades do IEG/UFSC.

O curso terá 15 sessões de duas horas, num total de 40 horas/aula (envolvendo atividades complementares) que serão ministradas na segunda (17 de março), terça (18 de março) e quinta (20 de março)  das 13:30 às 20:30 , na quarta (19) das 8:00 às 12:00 e 13:30 às 20:00 e na sexta (21) das 13:30 às 18:30.



Cronograma
22 de janeiro a 28 de fevereiro de 2014 – divulgação e inscrições
17 a 21 de marco de 2014 – 4º Curso de Curta Duração em Gênero e Feminismo
20 a 30 de maio de 2014 – Envio de certificados para quem obtiver frequência e aproveitamento no curso.

 
Das vagas

Serão oferecidas:

50 vagas os/as inscritos/as interessados/as em participar integralmente do Curso (receberá certificado equivalente a 40 horas/aula com registro como atividade de extensão da UFSC) 100 vagas para interessados/as em participar de sessões/aulas avulsas (receberá certificado simplificado equivalente às aulas/sessões das
quais participou).

20 vagas serão reservadas a alunos/as regularmente matriculados/as em Programas de Pós-Graduação da UFSC (mediante entrega de trabalho terá 2 créditos validados como disciplina da pós-graduação). Os/as alunos/as regularmente matriculados/as em Programas de Pós-Graduação da UFSC interessados nesta modalidade de inscrição deverão se matricular no Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências
Humanas (PPGICH) em disciplina optativa, oferecida pelas prof. Dras Miriam Grossi e Mara Lago nos prazos regulamentares de matricula de seus respectivos programas de pós-graduação. Para a validação da disciplina será obrigatória a entrega de trabalho, segundo as regras e prazos acordados com as profas da disciplina em aula no dia 26 de março das 8:30 às 12:30 em local posteriormente divulgado.

Não será cobrada taxa de inscrição, porém a inscrição prévia é obrigatória para a emissão de certificados.

Como as vagas são limitadas, a ordem de inscrição será considerada como prioridade:

Caso necessário, será divulgada uma lista de suplentes no site do IEG (www.ieg.ufsc.br) e a coordenação do curso convocará a suplência quando, o/a candidato/a não responder à mensagem de deferimento da inscrição no período previsto.

Para receber o certificado de participação total no curso (40 horas/aula), o/a cursista deverá frequentar pelo menos 75% das atividades.

A ficha de pré-inscrição encontra-se disponível em
https://docs.google.com/forms/d/1CyhDCUYFoGJvAmLrn1em3_zG6mdmlDpnm90EUUqm9KY/viewform

O período de inscrição se inicia em 22 de janeiro de 2014 e será encerrado às 24h do dia 28 de fevereiro de 2014.

Dúvidas, escreva para: estudosdegenero@gmail.com

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

SPM e Ibam iniciam cursos de capacitação a distância destinados às mulheres



Aulas começam em 3 de fevereiro e cada modalidade terá carga horária de 60 horas. Acordo prevê que mil vagas sejam destinadas prioritariamente às gestoras de Organismos Governamentais de Políticas para as Mulheres (OPMs).
 
Uma parceria iniciada pela Secretaria de Política para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR) com o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam) será uma oportunidade de capacitação a distância para gestoras, vereadoras, assessoras públicas e mulheres ligadas à promoção de direitos e políticas públicas. São três cursos gratuitos: políticas públicas e governo local; direitos humanos e desigualdades sociais; e gênero e representação política.
 
O objetivo da iniciativa é reduzir a desigualdade entre o sexo feminino e masculino, fortalecendo as políticas públicas para as mulheres e suas implementações nas áreas de gênero, feminismo e participação política.
 
As inscrições já estão abertas e podem ser feitas no portal do Ibam (www.ibam.org.br). Basta acessar a aba ‘Cursos’ e em seguida ‘Inscrições abertas’. As aulas começam em 3 de fevereiro e cada modalidade terá carga horária de 60 horas. O acordo prevê que mil vagas sejam destinadas prioritariamente às gestoras de OPMs.
 
Faça sua inscrição aqui.
   
Comunicação Social
Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM
Presidência da República – PR
Pesquisa personalizada