Seguidores

.

.

Pesquisa personalizada
Calendário Feminista

24 de fevereiro – Dia da conquista do voto feminino no Brasil
8 de março – Dia Internacional da Mulher
30 de abril – Dia Nacional da Mulher
28 de maio – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Morte Materna
25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha
29 de agosto – Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil
23 de setembro – Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
28 de setembro – Dia pela Descriminalização do aborto na América e Caribe
10 de outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher
25 de outubro – Dia Internacional contra a Exploração da Mulher
25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher
6 de dezembro – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

terça-feira, 14 de junho de 2011

Participe da Articulação de Mulheres Brasileiras

VOCÊ QUER SABER MAIS SOBRE AMB?
 VOCÊ QUER SABER MAIS SOBRE COMITÊ POLÍTICO DA AMB?
VOCÊ QUER CONHECER A CARTA DE PRINCÍPIOS DA AMB?

VENHA PARTICIPAR DA ARTICULAÇÂO
DE MULHERES DA BAHIA!!!!

DIA: 16 de Junho das 18h – 20 horas
LOCAL: Auditório CEAO - CEAFRO, Largo 2 de Julho

RAPIDINHO FALANDO DA

ARTICULAÇÃO DE MULHERES BRASILEIRAS – AMB

NA BAHIA


Em 1994 se iniciavam os preparativos para a IV Conferência Mundial sobre as Mulheres – Pequim, que aconteceria em 1995. Os Fóruns Estaduais de Mulheres se fortaleceram e contribuíram teoricamente e  participarem da referida Conferência.
Após a Conferência, foi fundada a Articulação de Mulheres Brasileira-AMB.  Cada estado articulado pelo Fórum indicava sua representante: Luiza Bairros foi indicada como  representante do Fórum de Mulheres de Salvador –FMS.
A segunda representante do FMS no Comitê Político da AMB foi Terezinha Barros. Outras companheiras participavam de encontros, das formações e reuniãos da AMB.
Em 2002, o FMS escolhe Marta Leiro, como sua representante.
Várias iniciativas foram realizadas pelo Fórum de Mulheres de Salvador, que funcionou com várias comissões: Saúde, violência, comunicação etc. A comissão de violência, por exemplo, organizou seminários e ciclos de estudos onde foi discutida e elaborada a proposta para o Centro de Referência, hoje CRLV. O Boletim “RODA BAIANA” foi o boletim de comunicação do Fórum...
Em março de 2006 nasce o Fórum de Mulheres de Lauro de Freitas e esse novo espaço político indica Sulle Nascimento como representante para o Comitê Político da AMB. Juntamente com Marta Leiro e Sandra Munhoz de Salvador representa a Bahia na AMB.
Algumas ações foram realizadas conjuntamente entre ambos os Fóruns.
Em 2007 o Fórum de Mulheres de Salvador sofre um processo de desarticulação, terminando em agosto de 2008. Duas reuniões e vários contatos foram feitos pela Coordenação nacional da AMB para rearticular o Fórum de Mulheres de Salvador. Nesse período Marta Leiro se retira da representação por não haver mais Fórum em Salvador, ficando Sulle Nascimento e Valdinéia (Val) de Lauro de Freitas e Sandra Munhoz de Salvador.
Em 2008 Sulle Nascimento começa a integrar a Coordenação da AMB. Em 2009, apenas o Fórum de Lauro de Freitas permanece com representação no Comitê Político da AMB.
Nesse período, o Fórum de Mulheres de Lauro de Freitas, o Coletivo de Mulheres do Calafate e feministas autônomas tentam fortalecer os laços com a com a AMB e “sonham” com uma articulação vinculada a Carta de Princípios da AMB.
No processo preparativo rumo ao ENAMB.2011 - Segundo Encontro Nacional da Articulação de Mulheres Brasileiras - novos  grupos e pessoas participam de discussões importantes e elaborem a  contribuição da Bahia neste encontro. As integrantes da Caravana da Bahia assumem o compromisso de fortalecer o movimento de mulheres e feminista na Bahia dando inicio a Articulação de Mulheres da Bahia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada