Seguidores

.

.

Pesquisa personalizada
Calendário Feminista

24 de fevereiro – Dia da conquista do voto feminino no Brasil
8 de março – Dia Internacional da Mulher
30 de abril – Dia Nacional da Mulher
28 de maio – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Morte Materna
25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha
29 de agosto – Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil
23 de setembro – Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
28 de setembro – Dia pela Descriminalização do aborto na América e Caribe
10 de outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher
25 de outubro – Dia Internacional contra a Exploração da Mulher
25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher
6 de dezembro – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

sábado, 21 de abril de 2012

MP presta homenagem a cinco mulheres baianas que fazem a diferença no cenário nacional - BA

Elas fazem a diferença. Cinco mulheres batalhadoras, dedicadas e competentes que muito têm contribuído para o fortalecimento da imagem e da dignidade da mulher brasileira. Mulheres baianas, personalidades brasileiras. Histórias de vida diversas que se cruzam pela similaridade da luta em prol dos direitos de uma parcela da sociedade que ainda sofre as consequências do “machismo”. Mulheres admiráveis que hoje, dia 20, foram homenageadas pelo Ministério Público estadual. À ministra Eliana Calmon, à procuradora de Justiça Lúcia Bastos, deputada estadual Luiza Maia, ebomi do Terreiro Casa Branca Nice de Oyá e à socióloga Vilma Reis qualquer homenagem parece ser pequena, assinalou o procurador-geral de Justiça Wellington César Lima e Silva, ressaltando a importância da atuação de cada uma delas para superação dos desafios existentes na sociedade.
Homenageadas no evento “Mulheres que fazem a diferença”, a ministra – representada por sua irmã Maria do Rosário Calmon –, a procuradora de Justiça, a deputada, a ebomi e a socióloga receberam das mãos do PGJ uma placa de reconhecimento pela intensa dedicação, extraordinária competência e valorosa contribuição para afirmação da dignidade da mulher brasileira. A possibilidade de superação das adversidades e do preconceito existe, “eu acredito muito nela e na capacidade do sistema de justiça contribuir para isso”, registrou Wellington César, salientando que acredita, sobretudo, que a verdadeira autonomia existe no empoderamento da sociedade. É preciso lutar sempre pela implementação das leis, complementou a coordenadora em exercídio do Gedem, promotora de Justiça Sara Gama, destacando que “a lei é importante, mas ela, por si só, não muda a cultura machista que está na raiz da sociedade”.

Pensar estratégias de desenvolvimento e fortalecimento de políticas públicas que resguardem direitos assegurados à mulher é um dos objetivos do Grupo de Atuação em Defesa da Mulher (Gedem), que, em comemoração aos seus cinco anos de existência, realizou o evento. Esse grupo representa a mobilização do MP em defesa dos direitos da mulheres, sobretudo no que diz respeito ao combate da violência doméstica, afirmou Sara Gama, acrescentando estar muito feliz
em homenagear mulheres de “incontestável invergadura”. “Tenho grata satisfação em marcar os cinco anos do Gedem com homenagem a mulheres que não esmorecem e realmente fazem a diferença”, concluiu a promotora, que entregou flores às homenageadas. As cinco personalidades protagonistas do evento agradeceram e reafirmaram seus propósitos de luta em prol dos direitos das mulheres. Por meio da sua irmã, Eliana Calmon deixou a mensagem de que acredita que a mulher pode sempre atingir seus objetivos sem abrir mãos dos seus princípios; Luiza Maia, autora do projeto de lei “antibaixaria” , afirmou o seu empenho na luta pelo respeito à mulher; Lúcia Bastos sinalizou que muitas conquistas ainda estão por vir e que a vitória não será fácil, mas pode ser alcançada; Nice de Oyá deixou uma mensagem de paz e solicitou a todos que lutem pelo fim da desigualdade e do preconceito; por fim, Vilma Reis frisou “nós somos a geração preparada para dirigir o país para todos”.

   
   

 



























Fotos: Humberto Filho/Ascom-MPBA

ASCOM/MP – Telefones: (71) 3103-0446/ 0449/ 0448/ 0499/ 6502

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada