Seguidores

.

.

Pesquisa personalizada
Calendário Feminista

24 de fevereiro – Dia da conquista do voto feminino no Brasil
8 de março – Dia Internacional da Mulher
30 de abril – Dia Nacional da Mulher
28 de maio – Dia Internacional de Luta pela Saúde da Mulher e Dia Nacional de Redução da Morte Materna
25 de julho – Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha
29 de agosto – Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil
23 de setembro – Dia Internacional contra a Exploração Sexual e o Tráfico de Mulheres e Crianças
28 de setembro – Dia pela Descriminalização do aborto na América e Caribe
10 de outubro – Dia Nacional de Luta contra a Violência à Mulher
25 de outubro – Dia Internacional contra a Exploração da Mulher
25 de novembro – Dia Internacional da Não-Violência contra a Mulher
6 de dezembro – Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Cresce apoio ao nome de Valdecir Nascimento para a SEPROMI - BA

Instituições e ativistas negras/os e feministas antirracistas do Brasil apóiam o nome de Valdecir nascimento para dirigir a Secretaria de Promoção da Igualdade (SEPROMI). Segue abaixo a íntegra da carta enviada ao governador Jacques Wagner solicitando a consideração da companheira Valdecir para o cargo.


Exmo. Sr. Jaques Wagner
Governador do Estado da Bahia
Salvador/BA


Excelentíssimo Senhor Governador,

Historicamente a luta das mulheres avança desde o ambiente familiar até as Convenções Globais. Na Bahia, tivemos a oportunidade de construir participativamente avanços a partir da atuação da SEPROMI, cuja prática, apesar de todas as limitações orçamentárias e de pessoal, tornou-se referência nacional ao ponto da nossa Secretária Luiza Bairros, ter sido alçada ao cargo de Ministra da SEPPIR.

A Secretaria de Promoção da Igualdade da Bahia, no período de 2008 a 2010, definiu, através da Superintendente de Políticas para Mulheres, Valdecir Nascimento, importantes ações para o desenvolvimento de programas e atividades voltados para a implementação de políticas de promoção de eqüidade para as mulheres do estado.  O trabalho baseado na prevenção e enfrentamento da violência; na promoção de políticas afirmativas para as mulheres na saúde, educação, trabalho, participação política e a articulação institucional buscou a transversalidade das ações como única forma possível de garantir a incorporação da melhoria da vida das mulheres em todas as dimensões da sociedade.

Ao assumir a Superintendência de Políticas para as Mulheres, Valdecir Nascimento, foi uma incansável gestora de políticas públicas e representante das lutas das Mulheres, dos Movimentos Negros, dos Povos e Comunidades Tradicionais e da Agricultura familiar e das Organizações da Sociedade Civil.  O trabalho realizado por Valdecir Nascimento foi reconhecido e aplaudido pela ex-ministra Nilcéa Freire, que além de adotar o programa local de Enfrentamento da Violência como modelo a ser replicado em outros estados brasileiros, elegeu a Bahia, por conta da qualidade do trabalhado aqui desenvolvido, para apresentar o relatório de final de gestão da SPM/PR. Na oportunidade, mulheres usuárias dos serviços, gestoras da capital e interior, bem como, de vários estados do país, ovacionaram Valdecir em reconhecimento, admiração e apoio ao seu fazer público, fruto do diálogo democrático e propositivo.

Valdecir Nascimento foi formada nas lutas democráticas e libertárias dos movimentos negro e de mulheres negras e tem mostrado ao longo de sua vida seu comprometimento com o combate ao racismo, sexismo e a promoção da igualdade social em nossa sociedade. Tal experiência lhe capacita a compreender que a pobreza em nosso país tem sexo e cor, ou seja, determinados grupos sociais, como mulheres, negros e povos e comunidades tradicionais e da agricultura familiar (indígenas, quilombolas, pescadoras artesanais, fundo de pasto, terreiro, ciganos, dentre outras), são mais vulneráveis e necessitam de políticas públicas diferenciadas para superar a situação de exclusão e marginalização em que se encontram. 

Nesse sentido, gostaríamos de solicitar a Vossa Excelência atenção as nossas demandas, no que se refere a otimizar o trabalho que já vem sendo feito pela SEPROMI, através da indicação do nome da companheira Valdecir Nascimento, que pensamos ser o mais indicado para dar seguimento ao projeto iniciado, alinhando-o à gestão da SEPPIR e da SPM no âmbito do Governo Federal e aprofundando as ações pautadas pelo movimento negro e de mulheres do estado da Bahia.

Temos certeza de que Valdecir Nascimento reúne todas as qualidades para assumir a SEPROMI e continuar executando o importante trabalho da secretaria para a promoção da igualdade no estado da Bahia.

Desta forma, nós abaixo assinantes, confirmamos a solicitação de que Valdecir Nascimento seja o nome que representará nossas demandas na atual gestão estadual enquanto Secretária de Promoção da Igualdade, ficamos confiantes no apoio a atendimento ao nosso pleito, ao mesmo tempo em que desejamos mais uma gestão de realizações sustentáveis de igual importância para o Estado e para o País.  

Atenciosamente,

INSTITUIÇÕES QUE APÓIAM E ASSINAM

COLETIVO DE MULHERES DO CALAFATE 
FÓRUM DE MULHERES DE LAURO DE FREITAS
AMMIGA- ASSOCIAÇÃO DE MULHERES AMIGAS DE ITINGA
LILÁS - LIGA DE LÉSBICAS DE LAURO DE FREITAS
CENTRO DE ARTE E MEIO AMBIENTE - CAMA
GRUPO DE UNIÃO E CONCIÊNCIA NEGRA - GRUCON
ASSOCIAÇÃO  DE MORADORES DO CONJUNTO SANTA LUZIA - URUGUAI
ASSOCIAÇÃO JOANES LESTE - LOBATO
ASSOCIAÇÃO DE MORADORES UNIDOS DO LOBATO - AMUL
COOPERATIVA DE COLETA SELETIVA PROCESSAMENTO DE PLÁSTICO E PROTEÇÃO AMBIENTAL
COMPLEXO COOPERATIVO DE RECICLAGEM DA BAHIA
ASSOCIAÇÃSO JOÃO PAULO II
ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE EDUCAÇÃO E CIDADANIA  - ABEAC - RIBEIRA
PASTORAL DA CRIANÇA - LOBATO
ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E DEMOCRÁTICA DE ALAGADOS ITAPAGIPE -ABDAI
CENTRO DE ASSISTENCIA AO  MENOR CARENTE - CEAMAC
SOCIEDADE BENEFICENTE E ESPORTIVA 13 DE JUNHO
Bodega de Produtos Sustentáveis do Bioma Caatinga – Rede de Produtos da Sociobiodiversidade
Centro das Etnicidades – OPARÁ/UNEB Campus VIII
COOPERCUC – Cooperativa Agropecuária Familiar de Canudos, Uauá e Curaçá
COOPES – Cooperativa de Produção da Região do Piemonte da Diamantina
GRIF – Grupo de Inspiração Feminina
NECTAS - Núcleo de Estudos em Povos e Comunidades Tradicionais e Ações Socioambientais
RAÍZES
ACAMG – Associação Comunitária de Artesanato de Malhada Grande
AGAPPA – Associação do Grupo de Artesãos Produtores de Paulo Afonso – BA
ARPA – Associação Reciclagem de Paulo Afonso
Associação Agropastoril dos Pequenos Criadores da Fazenda Toca Velha, Canudos
Associação Comunitária Agropastoril da Fazenda serra da Besta, Uauá – BA
Associação Comunitária e Agropastoril de Serra da Besta
Associação Comunitária e Agropastoril Serra Grande - Curaçá
Associação dos Artesãos de Santa Brígida
Associação Quilombola da Viração e Ciriquinha
Associação Quilombola do Catuabo e Caboclo
Associação Quilombola dos Algodões, Baixa da Lagoa e Baixa dos Quelés
Liga Brasileira de Lésbicas – Ba
MONDEC - Movimento de mulheres (Feira de Santana)
Instituto AMMA Psique e Negritude
DASPRETAS
TERREIRO ILÊ AXÉ IAOMINIDÊ

ATIVISTAS:
Makota Valdina - Terreiro Tanuri Junsara
Yalorixa Raidalva Santos – Rede de Mulheres de Terreiro / Intecab-Nacional
Denize de Almeida Ribeiro - professora UFRB/ militante do Movimento de Mulheres Negras – BA
Terezinha Barros – Expressão Feminista / PT
Amelia Maraux – Vice-Reitora da UNEB
Terezinha Gonçalves - Expressão Feminista do Partido dos Trabalhadores
Edvalda Pereira Torres Lins Aroucha (Valda Aroucha) - Coordenadora da AGENDHA e Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Paulo Afonso/BA
Vilma ReisProfa. Sociologia - UNEB, CEAFRO/UFBA
Gersonice Brandão -  Ekedy Sinha - Intecab/Terreiro da Casa Branca
Céres Santos - Coordenadora do CEAFRO/UFBA, PT-RS
Claudia Pons Cardoso - Professora assistente UNEB
Zuleide Paiva – Conselheira da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos das Lésbicas e Bissexuais do Conselho Municipal de Direito da Mulher de Conceição do Coité
Emanuelle Goes - Expressão Feminista / PT - Molimnbra (Movimento de Mulheres Negras)
Karine de Souza Oliveira Santana – Molimnbra
Raimunda Oliveira – Presidenta Centro de Estudos Teológicos Feminista do Norte e Nordeste do Brasil
Rosangela Costa Araújo - Professora Adjunta/UFBA
Suely Souza Santos 
Zelinda dos Santos Barros - Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO/UFBA)
Anhamona de Brito - integrante da Expressão Feminista PT/BA
Laila Rosa – musicista e professora Adjunta/UFBA
Ana Reis - Glefas Grupo Latinoamericano de Estudos, Formação e Ação Feminista
Maria José Honorato Pacheco – Assessora do Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais e Agente do Conselho Pastoral dos Pescadores
Marizelha Carlos Lopes – Coordenadora do Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais
Irany da Silva dos Santos – Coordenadora da Articulação Estadual de Pescadoras da Bahia
Naiara Leite -  AJOBI -  Núcleo de Mulheres Negras Feministas e de Lésbicas Negras
Sulle Nascimento – Expressão Feminista/PT - Fórum de Mulheres de Lauro de Freitas
Gildeci de Oliveira Leite - Diretor DCHT-Campus XXIII- UNEB – Seabra
Lícia Maria de Lima Barbosa- UNEB/CEAFRO
Jacimara Santana – Professora UNEB
Karine Duarte Limeira – Mestranda em Estudos Étnicos e Africanos (CEAO/UFBA) e Monankise do Terreiro Tanuri Junsara
Maria Doralice de Sousa - Molimnbra
Agnaldo Neiva - Sociólogo; Especialista em Educação a Distância; mantenedor do Observatório do Racismo Virtual
Diosmar Marcelino de Santana Filho -  Assessor para Povos e Comunidades Tradicionais do Instituto de Gestão das Águas e Clima - INGÁ - Membro da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento - SMAD - PT/BA
Lindinalva Barbosa – Mestre em Estudos da Linguagem/UNEB – Técnica do CEAO/UFBA
Jeruse Romao - Professora, pesquisadora e Militante do Movimento Negro de Santa Catarina
Marcilene Garcia de Souza- Professora, pesquisadora e  Militante do Movimento Negro do Paraná
Eleodora Lopes de Jesus, Farmacêutica, servidora da SESAB
Iole Macedo Vanin - Professora UFBA/NEIM
Danielle Bittencourt
Isabelle Sanches Pereira – Professora Uneb Departamento de Educação Campus XI – Serrinha
Monica Kalile - Instituto A Mulherada
Carla Akotirene - Articulação Brasileira de Jovens Feministas e coordenadora nacional do FONAJUNE
Elisete Santana da Cruz França
Elisia Maria de Jesus Santos – Movimento de libertação das mulheres (MLM)
Jaqueline Monteiro - Articulação de Negras Jovens Feministas
Ednara Macedo Reis – Coordenação da Atenção Básica do Município de Maragogipe
João Evangelista – Conselho das Comunidades Quilombola da Chapada
Ligia Margarida de Jesus – Movimento de Mulheres do Suburbio
Raimundo Nascimento – CAMA/ PT-BA
Andreia Lisboa de Sousa - Ford Foundation Fellow / University of Texas at Austin (USA)
Alvaiza Cerqueira – Instituto de Gestão das Águas e Clima – Ba
Marta Leiro – Coletivo de Mulheres do Calafate
Lucineide Jesus  “Lua Onawale” - Terreiro Tanuri Junsara
Nádia Barreto do Rosário – Socióloga, Educadora Social, Coord. do Núcleo de Ações em Quilombos - CDA/SEAGRI, integrante do Grupo Intersetorial para Quilombos
Maria Vandalva Lima de Oliveira – Fórum Interterritorial de Mulheres da Região Semiárida da Bahia
Gilca Morais Carneiro – Coordenadora do Conselho Territorial Sustentável da Região Sisaleira/CODES-SISAL e FATRES/SISAL
Luciana Moreira de Carvalho Santos – Comitê de Mulheres do Semiárido Nordeste II
Aline Grei - Comitê de Mulheres do Semiárido Nordeste II
Selma Glória de Jesus- MOC
Juci Machado – Consultora de Comunicação Social / Articuladora Social
Gloria Maria Silva dos Santos Correia-Secretaria Municipal de Educação -RJ e Associação Cultural Rodaodara/(RJ)
Liu Barrêto, Pedagoga, Compositora, Vice-Diretora do CETEP-LF/Maraú.
Maria Nazaré Lima: Professora da UNEB e Coordenadora da Área de
Educação do CEAFRO
Fabiana Franco - Militante do PT – Camaçari
Maria de Fátima de Souza - FRENEFE - Frente Negra Feirense, Coordenadora Geral do Movimento Organizado de Mulheres em Defesa da Cidadania - MOMDEC - Feira de Santana/BA.
Vilma Neres Bispo – Jornalista (DRT/BA 3382)
Clara Suassuna Fernandes – Diretora do NEAB/UFAL
Maria Noelci Teixeira Homero - ativista do movimento de mulheres negras, PT/RS
Maria Conceição Lopes Fontoura - ativista do movimento de mulheres negras, PT/RS
Renísia Cristina Garcia Filice - GERAJU - Grupo de Pesquisa em Gênero, Raça/Etnia e Juventude. Faculdade de Educação - Universidade de Brasília.
Adriana Lisboa de Sousa - Associação de Voluntários do Brazil (AVIB)
Lígia Marques Vilas Bôas – coordenadora pedagógica do Instituto Pedra de Raio
Tania Pacheco – integrante do GT Combate ao Racismo Ambiental / RBJA
Kátia de Melo – Pedagoga, ex-diretora de Educação do Olodum e fundadora do Coletivo de Mulheres Negras da Bahia.
Matildes Charles – Turismologa/Cantora MPB, membro da Associação Odin D’Irê Odé
Denise Botelho - Profa. Dra. Universidade Brasília; Grupo de Pesquisa em Educação e Políticas Públicas: Gênero, Raça e Juventude
Edlene Paim - Vereadora PT Coração de Maria, Articuladora Estadual LBL/BA, Membro da UMBIGO
Mônica Nunes – Professora do  ISC/UFBA
Vânia Galvão – Vereadora do PT de Salvador 
Isabel Ribeiro - Yarobá de Omolu do Terreiro Ilê Axé Iaominidê
Eliane Barbosa Jerônimo – Assistente Social / Escola de Saúde Pública de Mato Grosso
Tânia Palma
Maria Helena Ramos Belos
Jiane Vieira Soares
Francisco dos Santos Santana
Felipe Pomar
Iracema Alves
Maria Helena Souza da Silva -  membro do IMAIS e da Rede Nacional Feminista de Saúde e Direitos Sexuais e Reprodutivos - Regional Bahia
Luciane Reis - Publicitária, consultora Ingá \ PT- membro Setorial combate ao racismo
Deise Queiroz - Coordenadora da Articulação, Nacional de Negras Jovens Feministas
Roberto Borges - ABPN e CEFET/RJ
Neidjane Gonçalves – Pedagoga / SEAGRI
Rosana Maria Moraes Fernandes – CESE
Regina Adami - Assessora Parlamentar – SPM/PR
Maísa Maria Vale - Expressão Feminista/PT-Ba
Roselice Silva – Expressão Feminista / PT-Ba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada